Irecê Líder: Com ouro na maratona aquática, Ana Marcela Cunha se torna a 1ª baiana campeã olímpica /* CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ /* FIM DA CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ -->
ao vivo

SLIDER

IRECÊ LÍDER AO VIVO

Esconder Vídeo
Abrir Vídeo
Clique aqui para enviar seu recado.
NO AR
PROGRAMAÇÃO LÍDER
LOCUTOR
(x) Fechar
Compartilhe a Líder
Facebook
Whatsapp
Telegram
Participe! Mande seu recado para o nosso Whatsapp!

quarta-feira, 4 de agosto de 2021

Com ouro na maratona aquática, Ana Marcela Cunha se torna a 1ª baiana campeã olímpica

Com a medalha de ouro conquistada na maratona aquática na manhã desta quarta-feira (4) no Japão e noite de terça (3) no Brasil, Ana Marcela Cunha, de 29 anos, se tornou a primeira baiana campeã olímpica. Ao todo, ela é a quarta atleta da Bahia a subir no lugar mais alto do pódio numa Olimpíada. Antes da nadadora, Ricardo foi campeão no vôlei de praia em Atenas-2004, enquanto na Rio-2016, Robson Conceição e Wallace conquistou o título, respectivamente, no boxe e no futebol masculino.
O ouro olímpico era o título que faltava no extenso currículo de conquistas de Ana Marcela Cunha. Eleita seis vezes a melhor maratonista aquática do mundo, ela soma quatro ouros em campeonatos mundiais de 25km e cinco nos 10km, acumulando um total de 33 ouros, 16 pratas e 17 bronzes em etapas do circuito mundial da Federação Internacional de Natação (FINA). Em Olimpíadas, esta foi a primeira vez que Ana Marcela subiu no pódio.
Ela participou dos Jogos de Pequim 2008 aos 16 anos e terminou na quinta posição. Em 2012, ficou de fora do evento em Londres. Depois, viveu a frustração do 10º lugar na Rio-2016. Experiente e com as feridas cicatrizadas, a baiana confirmou o favoritismo a uma medalha vencendo a prova de 10km em Tóquio. Atletas da Bahia que conquistaram o ouro olímpico
Tóquio 2020 Ana Marcela Cunha - Maratona Aquática Rio-2016 Robson Conceição - Boxe  
Fonte:Bahia Notícias

Mais Notícias