Irecê Líder: Polícia do Ceará explica o motivo de DJ Ivis não ter sido preso após agressões /* CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ /* FIM DA CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ -->
ao vivo

SLIDER

IRECÊ LÍDER AO VIVO

Esconder Vídeo
Abrir Vídeo
Clique aqui para enviar seu recado.
NO AR
PROGRAMAÇÃO LÍDER
LOCUTOR
(x) Fechar
Compartilhe a Líder
Facebook
Whatsapp
Telegram
Participe! Mande seu recado para o nosso Whatsapp!

segunda-feira, 12 de julho de 2021

Polícia do Ceará explica o motivo de DJ Ivis não ter sido preso após agressões

A Polícia Civil do Ceará esclareceu por meio de nota o motivo pelo qual DJ Ivis não foi detido após agredir a esposa, Pamella Holanda, que expôs o caso no último domingo (11) ao colunista Leo Dias, do Metrópoles.
De acordo com o órgão, não foi possível efetuar o flagrante porque o caso só foi registrado no dia 3 de julho por Pamella, e as agressões ocorreram dois dias antes, no dia 1º. A Polícia afirma também que não teve acesso às imagens divulgadas por Leo Dias até o último domingo (11).
Segundo as autoridades, medidas protetivas de urgência foram solicitadas ao Poder Judiciário para a vítima. "Cabe ressaltar que as imagens das câmeras do circuito interno da residência, que comprovam as agressões, divulgadas em redes sociais neste domingo (11), não tinham sido apresentadas à Polícia. Mais detalhes serão repassados em momento oportuno do para não comprometer os trabalhos policiais".

Ivis negou as acusações e em um pronunciamento em suas redes sociais afirmou que era chantageado pela ex-companheira e chegou a tentar contra a própria vida por causa do relacionamento, considerado abusivo. Fonte: Bahia Notícias

Mais Notícias