Irecê Líder: Orlando Morais tem alta hospitalar após vencer a Covid-19 e ganha carinho de Glória Pires /* CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ /* FIM DA CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ -->
ao vivo

SLIDER

IRECÊ LÍDER AO VIVO

Esconder Vídeo
Abrir Vídeo
Clique aqui para enviar seu recado.
NO AR
PROGRAMAÇÃO LÍDER
LOCUTOR
(x) Fechar
Compartilhe a Líder
Facebook
Whatsapp
Telegram
Participe! Mande seu recado para o nosso Whatsapp!

quinta-feira, 1 de abril de 2021

Orlando Morais tem alta hospitalar após vencer a Covid-19 e ganha carinho de Glória Pires

Músico se emocionou e arrancou lágrimas da atriz ao anunciar cura: " "Agradecer a você, Glória, que respirou e soprou em meu pulmão no momento mais difícil"

Orlando Morais deixou o hospital em que estava internado em Brasília (DF) nesta quinta-feira (1), após vencer a Covid-19. Ao receber a alta, ainda em uma cadeiras de rodas, o músico recebeu o carinho da mulher, Glória Pires, e se emocionou ao agradecer à equipe médica e sua família.

"Quero agradecer a todos vocês, a todos os profissionais, o que vocês fizeram por mim. Entraram todo dia no meu quarto sorrindo, dando amor, dando luz, dando vida. Quero que todas as pessoas que estejam no mundo, nesse momento, passando por isso, recebam o mesmo amor que eu recebi de vocês. Vocês são incríveis, vocês são guerreiros. O que vocês têm feito pela humanidade, pelo Brasil, é incrível. Só deus para poder abençoar vocês", declarou Orlando, ainda com a voz fraca.

O músico levou Glória às lágrimas ao falar algumas palavras carinhosas para ela. "Quero agradecer à minha família, minha mãe, em especial. Agradecer aos meus filhos, Cleo, Antonia, Ana, Bento, meus irmãos. E agradecer a você, Glória, que respirou e soprou em meu pulmão no momento mais difícil. Me fez voltar. Eu te amo muito. Te dedico a minha vida", declarou Orlando.

Ele ainda cantou a música A Rota do Indivíduo, que fez em parceira com Djavan, depois de "pegar fôlego" com a ajuda de uma bombinha de ar. Ao final, chorou muito e foi aplaudido por todos os presentes.
Fonte:QUEM

Mais Notícias