Irecê Líder: Luiz Caldas lança clipe gravado no Museu da Misericórdia /* CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ /* FIM DA CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ -->
ao vivo

SLIDER

IRECÊ LÍDER AO VIVO

Esconder Vídeo
Abrir Vídeo
Clique aqui para enviar seu recado.
NO AR
PROGRAMAÇÃO LÍDER
LOCUTOR
(x) Fechar
Compartilhe a Líder
Facebook
Whatsapp
Telegram
Participe! Mande seu recado para o nosso Whatsapp!

terça-feira, 2 de março de 2021

Luiz Caldas lança clipe gravado no Museu da Misericórdia

O cantor Luiz Caldas lançou, nesta segunda-feira (1ª), um clipe gravado no Museu da Misericórdia, situado no Centro Histórico de Salvador.

A canção intitulada “A Pele” faz parte do álbum homônimo do artista, com a participação da cantora portuguesa Noa, que além de cantar, também toca violino. A música é uma composição de Luiz Caldas e Sérgio Peres e traz referências comuns às cidades de Salvador e Porto, em Portugal, como o mar e o cais.

O clipe tem direção de Márcio Santos, à frente do Estúdio MSTV, e traz imagens de Noa no Palácio Pinto Leite, na cidade de Porto, e cenas de Luiz Caldas gravadas no Museu da Misericórdia, fazendo uma ponte cultural entre Brasil e Portugal.


Sobre o Museu da Misericórdia


Inaugurado em 2006, o Museu da Misericórdia está instalado em um palacete do século XVII, onde funcionou o primeiro hospital da Bahia. O prédio foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em 1938 e abriga peças relacionadas a personalidades, como a cadeira que foi utilizada por D. Pedro II durante visita à Bahia, em 1859, e a escrivaninha de Ruy Barbosa, que foi funcionário da Santa Casa de Misericórdia da Bahia (SCBA) em 1876, no cargo de inspetor da repartição geral.

O Museu da Misericórdia também mantém a exposição fixa das 14 peças que representam as Obras de Misericórdia da Santa Casa, feitas sob encomenda por artistas como Bel Borba, Christian Cravo, Calasans Neto, Mário Cravo Júnior, Eliana Kertész e Tatti Moreno.

ertificado pelo Sistema Brasileiro de Museus/MINC é um dos espaços culturais mais visitados da Bahia, contabilizando mais de 50 mil visitantes por ano.
Fonte:Informe Baiano

Mais Notícias