Irecê Líder: Projeto leva oficina gratuita de pintura em cerâmica para mulheres de Lençóis e Utinga /* CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ /* FIM DA CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ -->
ao vivo

SLIDER

IRECÊ LÍDER AO VIVO

Esconder Vídeo
Abrir Vídeo
Clique aqui para enviar seu recado.
NO AR
PROGRAMAÇÃO LÍDER
LOCUTOR
(x) Fechar
Compartilhe a Líder
Facebook
Whatsapp
Telegram
Participe! Mande seu recado para o nosso Whatsapp!

terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Projeto leva oficina gratuita de pintura em cerâmica para mulheres de Lençóis e Utinga


“Colorindo o artesanato da Chapada” ajuda a preservar e fomentar cultura local 

Contribuir na valorização dos artesãos e ajudar na capacitação de mulheres para usar a arte como uma fonte de renda local, esse é o propósito do projeto “Colorindo o artesanato da Chapada”. A iniciativa, coordenada pela artista plástica Urânia Viana, realiza oficinas gratuitas de pintura em objetos de cerâmica e de barro, produzidos artesanalmente e típicos da cultura popular do interior da Bahia.

 Serão formadas quatro turmas voltadas para mulheres residentes nos municípios de Lençóis e de Utinga, na região da Chapada Diamantina. A primeira acontece no dia 13 fevereiro, às 13h, no Centro Catequético (Casa das Madres) e a segunda será no dia 14 de fevereiro, às 9h, no Centro Paroquial do distrito de Volta do Américo, ambas na região de Lençóis. As inscrições podem ser realizadas através do instagram @arteemtracos. Estão disponíveis 15 vagas para cada turma e as aulas acontecem seguindo todos os protocolos de segurança e prevenção contra a Covid-19. 

Utinguense e agitadora cultural, Urânia Viana, que também ministra as oficinas, diz que a ideia é valorizar a história e cultura da região através da pintura artística em objetos tradicionais do artesanato local, como panela de barro, moringa, pilão, telha e colher de pau. “A intenção é também incentivar essas mulheres a usarem a produção artística como fonte de renda”, afirma Urânia. Todo o material necessário para realização da oficina, incluindo peças, tinta e pincéis, será oferecido pelo projeto. As oficinas em Utinga acontecem em março.

 O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e do Centro de Culturas Identitárias-CCPI (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.
Fonte:Central Notícias

Mais Notícias