Irecê Líder: FLORA MATOS CHAMA EMICIDA DE “DISSIMULADO” POR CRITICAR KAROL CONKÁ SÓ AGORA; “SEMPRE SOUBE” /* CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ /* FIM DA CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ -->
ao vivo

SLIDER

IRECÊ LÍDER AO VIVO

Esconder Vídeo
Abrir Vídeo
Clique aqui para enviar seu recado.
NO AR
PROGRAMAÇÃO LÍDER
LOCUTOR
(x) Fechar
Compartilhe a Líder
Facebook
Whatsapp
Telegram
Participe! Mande seu recado para o nosso Whatsapp!

sábado, 6 de fevereiro de 2021

FLORA MATOS CHAMA EMICIDA DE “DISSIMULADO” POR CRITICAR KAROL CONKÁ SÓ AGORA; “SEMPRE SOUBE”

 
A rapper Flora Matos fez um longo desabafo na tarde desta quarta-feira (3/2). Em seu perfil no Twitter, ela falou que a também rapper Karol Conká – que vem sendo criticada por posturas dentro do Big Brother Brasil – sempre foi assim, e que considera um “absurdo” ver pessoas que sempre a defenderam, como Emicida, criticando a artista confinada apenas agora.
Eu acho um absurdo ver as pessoas que defenderam ela sempre, resolver meter o loko agora como se não soubesse como ela é. É deprimente ver o emicida principalmente pagando de louquinho. Porque ele sempre soube. E pra mim é pior do que ela porque sabe ser ainda mais dissimulado. — FLORA MATOS (@FloraMatos)
Flora fazia parte do Laboratório Fantasma, gravadora criada por Emicida. A saída da cantora, em 2013, sempre foi algo considerado “nebuloso” dentro do rap nacional.
“É deprimente ver o Emicida, principalmente, pagando de louquinho. Porque ele sempre soube. E pra mim é pior do que ela, porque sabe ser ainda mais dissimulado”, escreveu Flora Matos. “É triste mas é a verdade. Eu confiei em você, mano. Você fo*eu minha vida no auge da minha carreira. E você sabe exatamente do que eu tô falando. Você jogou um jogo sujo e me impediu de fazer o que precisava ser feito quando eu tava na idade do auge. E eu nem posso falar sobre”, continuou, referindo-se ao cantor de Amarelo.
Flora disse, ainda, que Karol foi uma das mulheres que ela trouxe consigo quando as portas se abriram para ela, e que se afastaram devido aos jeitos incompatíveis. “Como não sou de matar, na maioria das vezes fui engolida pelos tubarões que vendem imagem de herói”, postou.
Todas as portas que se abriram pra mim por mérito do meu talento, eu trouxe outras mulheres pra entrar comigo. Porque eu nunca fui egoista e nem recalcada. Nunca tive a intenção de ganhar nada em troca além de ver elas brilharem. Mas a gente se engana sobre o caráter das pessoas. — FLORA MATOS (@FloraMatos)
Ser uma pessoa emocional como eu nunca foi inteligente. Óbvio. No meio que a gente vive é um comendo a cabeça do outro… e como eu não sou de matar, na maioria das vezes eu fui engolida pelos tubarões que vendem imagem de herói. — FLORA MATOS (@FloraMatos)

FLORA X EMICIDA
Os dois se desentenderam, em 2018, no Twitter, após Emicida fazer uma lista de mulheres negras que estavam se destacando no gênero, sem incluir Flora. Questionado por ela, ele admitiu que a exclusão foi proposital: “É autoestima de quem não é preto só quando convém”.

A cantora apagou o seu tuite original pouco depois. Porém, após alguns meses, Flora relembrou a briga com outro tuíte (também apagado). “Se meu foco fosse o dinheiro, meu discurso vocês devem imaginar qual seria. O mais descartável possível. Mas eu, na de plantar orgulho no coração de quem me escuta, acabo sendo taxada de afro-conveniente pelo Emicida”, escreveu, ao que Emicida retrucou: “Te dei um salve, fiz o que adultos fazem, você sabe como me encontrar e consegue falar comigo a hora que quiser. Mas prefere ficar nessa palhaçada infantil nas redes sociais, se fazendo de vítima atrás de like. Achei que você tava confusa, agora tenho certeza, você é mau caráter mesmo.
Fonte:Click Noticias

Mais Notícias