Irecê Líder: Jornalista de 41 anos morre após fazer lipoaspiração em clínica no RJ /* CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ /* FIM DA CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ -->
ao vivo

SLIDER

IRECÊ LÍDER AO VIVO

Esconder Vídeo
Abrir Vídeo
Clique aqui para enviar seu recado.
NO AR
PROGRAMAÇÃO LÍDER
LOCUTOR
(x) Fechar
Compartilhe a Líder
Facebook
Whatsapp
Telegram
Participe! Mande seu recado para o nosso Whatsapp!

sexta-feira, 11 de dezembro de 2020

Jornalista de 41 anos morre após fazer lipoaspiração em clínica no RJ

 



Uma jornalista, identificada como Eloísa Leandro, 41, morreu após fazer um procedimento estético em uma clínica na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O óbito foi confirmado na madrugada da última quinta-feira (10).

De acordo com a Record TV, após realizar uma lipoaspiração, Eloísa teria sofrido uma parada cardiorrespiratória durante a transferência do centro cirurgico para o quarto. A equipe médica tentou reanimar a vítima, mas sem sucesso.

A Polícia Civil fará uma perícia para verificar se a clínica oferecia condições adequadas para o funcionamento. Os médicos responsáveis pelo procedimento também serão ouvidos para apurar se houve negligência.

De acordo com familiares de Eloisa, a vida da vítima foi marcada pela luta para encontrar os assassinados do seu único filho, Victot Hugo, 15, que foi morto ao voltar de uma lanchonete com amigos após ser abordado por criminosos.

Fonte Varela Noticias.

Mais Notícias