Irecê Líder: Procon câmara’ alerta sobre o golpe do ‘empréstimo fácil’ pela internet /* CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ /* FIM DA CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ -->
ao vivo

SLIDER

IRECÊ LÍDER AO VIVO

Esconder Vídeo
Abrir Vídeo
Clique aqui para enviar seu recado.
NO AR
PROGRAMAÇÃO LÍDER
LOCUTOR
(x) Fechar
Compartilhe a Líder
Facebook
Whatsapp
Telegram
Participe! Mande seu recado para o nosso Whatsapp!

domingo, 15 de novembro de 2020

Procon câmara’ alerta sobre o golpe do ‘empréstimo fácil’ pela internet





Ao invés de ir a um estabelecimento comercial ou bancário credenciado para conseguir um empréstimo financeiro, muitas pessoas continuam procurando por sites não recomendados para conseguir dinheiro rápido. Esta é uma modalidade de golpe antiga que vem fazendo vítimas na cidade de Extrema/MG. Muitas empresas financeiras duvidosas continuam oferecendo este serviço pela internet e o resultado não poderia ser outro: o golpe do “empréstimo fácil”.

Pessoas que caíram na falsa proposta da oferta de crédito buscaram orientação no PROCON da Casa do Cidadão (que é uma extensão da Câmara Municipal de Extrema/MG e que serve de espaço democrático para o extremense ficar por dentro dos seus direitos). Dra. Christiane Gomes Caiado, diretora do PROCON, falou com exclusividade sobre a questão.

“Iludido pela oferta do dinheiro rápido sem consulta ao SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), o cidadão procura a internet para obter esse tipo de empréstimo facilitado. Dai surgem inúmeras empresas que se beneficiam da ingenuidade aliada à falta de informação. Observamos que quase todos os empréstimos rápidos e fáceis – para não dizer todos –, seguem um padrão, em geral. Os anúncios estão pulverizados na internet e em jornais informando telefones e e-mails para que o consumidor entre em contato”, explicou Dra. Christiane.

Segundo ela, uma vez feito o contato, são solicitados depósitos que variam entre 5% e 10% antecipados. “É informado ao solicitante que uma determinada ficha está aprovada e disponível no banco; dependendo apenas destes pagamentos que seriam a título de seguro fiança, IOF, Custo Efetivo Total (pela CEF – Caixa Econômica Federal). Esses exemplos são os mais utilizados, mas nada impede que utilizem outros termos”, citou a diretora. Ela lembra ainda que nenhum banco, financeira ou agentes de crédito – que sejam idôneos –, solicita qualquer tipo de taxa ou antecipação de valores para conceder empréstimo pessoal. “No caso de dúvida sobre a empresa, consulte o Banco Central pelo telefone 0800-979-2345. O site www.bcb.gov.br é mais uma alternativa importante de consulta. Neste, é possível saber se a empresa tem autorização para ofertar empréstimos”, acrescentou.

A recepcionista Joyce Cristina Souza foi das vítimas. “Liguei num destes sites que oferecem o empréstimo e me deparei com muitas facilidades. Fiz o depósito solicitado e depois de realizada a transação, percebi que algo estava errado. Retornei a ligação para a empresa para saber quando cairia o dinheiro na minha conta. Ninguém atendeu mais”, relatou. Frustrada, ela disse: “É um sentimento de revolta e tristeza. Espero que muitas pessoas não caiam neste golpe”. Joyce registrou boletim de ocorrência na 23ª Delegacia Seccional de Polícia Civil de Extrema, que investiga o caso.

ENTREVISTA – Vai ao ar às 19h15 da quinta-feira (8), na 2ª edição do Jornal da EPTV Globo, a entrevista com a Dra. Christiane. (Fonte: ASCOM / Câmara Municipal de Extrema; Texto: Léo Demeter / jornalista MTB 13.896 MG)

Mais Notícias