Irecê Líder: Eleitores com deficiência visual poderão ouvir nome de candidato na urna /* CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ /* FIM DA CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ -->
ao vivo

SLIDER

IRECÊ LÍDER AO VIVO

Esconder Vídeo
Abrir Vídeo
Clique aqui para enviar seu recado.
NO AR
PROGRAMAÇÃO LÍDER
LOCUTOR
(x) Fechar
Compartilhe a Líder
Facebook
Whatsapp
Telegram
Participe! Mande seu recado para o nosso Whatsapp!

sábado, 14 de novembro de 2020

Eleitores com deficiência visual poderão ouvir nome de candidato na urna





Os eleitores com deficiência visual poderão ouvir o nome do candidato escolhido após digitar o número correspondente na urna eletrônica no primeiro turno das Eleições 2020, neste domingo (15). O recurso de sintetização de voz será usado pela primeira vez na história da urna nas eleições brasileiras.

Para utilizar o recurso, o eleitor terá que informar o mesário sobre sua deficiência visual, para que o recurso seja habilitado e ele receba fones de ouvido, necessários para garantir o sigilo do voto.

Segundo Rodrigo Coimbra, chefe da Seção de Voto Informatizado da Secretaria de Tecnologia da Informação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a partir de pesquisas e após o descarte das urnas mais antigas, dos modelos 2006 e 2008, o tribunal teve condições técnicas para implementar a sintetização de voz para as Eleições 2020.

De acordo com o TSE, a tecnologia não gerou custos para o tribunal por ter sido baseada em software livre.

Mais Notícias