Irecê Líder: Após piora por contrair covid-19, ex-governador de Sergipe João Alves Filho morre aos 79 anos /* CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ /* FIM DA CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ -->
ao vivo

SLIDER

IRECÊ LÍDER AO VIVO

Esconder Vídeo
Abrir Vídeo
Clique aqui para enviar seu recado.
NO AR
PROGRAMAÇÃO LÍDER
LOCUTOR
(x) Fechar
Compartilhe a Líder
Facebook
Whatsapp
Telegram
Participe! Mande seu recado para o nosso Whatsapp!

quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Após piora por contrair covid-19, ex-governador de Sergipe João Alves Filho morre aos 79 anos





João Alves Filho, ex-governador de Sergipe, morreu na noite da última terça-feira (24). Ele tinha 79 anos e estava lutando para se recuperar de uma parada cardíaca, sofrida no dia 18 de novembro. Mas o quadro piorou depois que ele pegou Covid-19. A morte foi divulgada pela família.

João Alves tinha um quadro avançado de Alzheimer e foi internado em estado grave no Hospital Sírio Libanês, em Brasília, na semana passada, por causa da parada cardíaca.

Depois que foi identificada a infecção pelo novo coronavírus, a família disse que o quadro de saúde era “clinicamente irreversível”. Ele estava com as funções renais paralisadas e sedado, respirando com ajuda de aparelhos.

O corpo de João será cremado no Cemitério Jardim Metropolitano, em Valparaíso de Goiás, a 40 minutos de Brasília. O ex-governador deixa a esposa e senadora Maria do Carmo Alves (DEM) e 3 filhos.

João Alves Filho assumiu a prefeitura de Aracaju em 1975, como prefeito biônico, de forma indireta, apoiando a Ditadura Militar. Foi ministro do Interior do Brasil, entre os anos de 1987 a 1990. Depois governou o estado de Sergipe por três mandatos (1983 a 1986, 1991 a 1994 e 2003 a 2006).

Em 2012, João foi eleito prefeito de Aracaju, exercendo a função de 2013 a 2016. Diante desse histórico, o atual governador do estado, Belivaldo Chagas (PSD), decretou luto oficial de 3 dias.

Fonte Folha de São Paulo

Mais Notícias