Irecê Líder: Bolsonaro volta a defender hidroxicloroquina e questiona: “não é mais barato investir na cura do que na vacina?” /* CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ /* FIM DA CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ -->
ao vivo

SLIDER

IRECÊ LÍDER AO VIVO

Esconder Vídeo
Abrir Vídeo
Clique aqui para enviar seu recado.
NO AR
PROGRAMAÇÃO LÍDER
LOCUTOR
(x) Fechar
Compartilhe a Líder
Facebook
Whatsapp
Telegram
Participe! Mande seu recado para o nosso Whatsapp!

segunda-feira, 26 de outubro de 2020

Bolsonaro volta a defender hidroxicloroquina e questiona: “não é mais barato investir na cura do que na vacina?”





Presidente garante que foi curado devido ao uso do medicamento

O presidente Jair Bolsonaro retomou a discussão acerca da eficácia da hidroxicloroquina no combate ao coronavírus e, defendendo o medicamento, questionou se não era mais interessante apostar na cura da Covid-19 ao invés de investir na vacina. A declaração foi dada nesta segunda-feira (26), quando Bolsonaro conversava com apoiadores na frente do Palácio da Alvorada, em Brasília.

“Agora, pelo que tudo indica, né, todo mundo diz que a vacina que menos demorou foram quatro anos. Eu não sei porque correr em cima dessa. Eu dou minha opinião pessoal. Não é mais barato ou mais fácil investir na cura do que até na vacina? Ou jogar nas duas, mas também não esquecer da cura”, disse.

Mais uma vez o presidente afirmou que o medicamento é capaz de eliminar o vírus que causa uma pandemia do organismo de um ser humano infectado. “A cura, eu, por exemplo, sou testemunha. Eu tomei a hidroxicloroquina, outros tomaram ivermectina, outros tomaram Annita e deu certo. Pelo que tudo indica, todo mundo que tratou precocemente com uma dessas três opções foi curado”, falou Bolsonaro.

Vale lembrar que a hidroxicloroquina não tem eficácia científica comprovada e, por esse motivo, não é recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Mais Notícias