Irecê Líder: ACM Neto e Leo Santana inauguram Praça do Gigante em Boa Vista do Lobato /* CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ /* FIM DA CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ -->
ao vivo

SLIDER

IRECÊ LÍDER AO VIVO

Esconder Vídeo
Abrir Vídeo
Clique aqui para enviar seu recado.
NO AR
PROGRAMAÇÃO LÍDER
LOCUTOR
(x) Fechar
Compartilhe a Líder
Facebook
Whatsapp
Telegram
Participe! Mande seu recado para o nosso Whatsapp!

quinta-feira, 29 de outubro de 2020

ACM Neto e Leo Santana inauguram Praça do Gigante em Boa Vista do Lobato



Os moradores de Boa Vista do Lobato já passam a aproveitar a primeira área de convivência e lazer da comunidade, construída pela Prefeitura. A Praça do Gigante foi entregue na noite desta quarta-feira (28), com as presenças do prefeito ACM Neto e do cantor Léo Santana, nascido no bairro e morador do local até os 19 anos.Com investimento de R$141 mil, a praça possui espaço de jogos, parque infantil, acessibilidade, bancos modulares antivandalismo, jogos de mesa, acessibilidade, iluminação em LED e paisagismo. Os equipamentos foram produzidos na fábrica da Companhia de Desenvolvimento de Salvador (Desal), vinculada à Secretaria Municipal de Manutenção (Seman).O prefeito contou que a iniciativa foi fruto de um pedido do próprio Léo Santana que, um dia, mandou uma mensagem via aplicativo para a construção da praça para atender à comunidade. “Assim como foi o caso de Léo, esse cara bacana que é reconhecido nacional e internacionalmente mas não deixou suas raízes, também procuramos atender os pedidos de várias pessoas para a construção de praças nos próprios bairros. Queríamos estar aqui em outra condição, em um clima de festa e aglomeração, mas a pandemia deixa. Mesmo assim, essa não deixa de ser uma noite especial”, disse ACM Neto.

“Fui pedir ao prefeito que olhasse um pouco mais para a nossa comunidade. Só tenho a agradecer o carinho da Prefeitura pela homenagem e dedicar esta praça também a duas figuras que são saudosos ícones do nosso bairro, dona Aneta e seu Chopeta. Peço ainda que cuidem das coisas da nossa comunidade, que a gente só faz evoluir”, salientou o cantor.

Também nascida no bairro, a vendedora Adriana Oliveira, 40 anos, contou que a área que deu origem à praça servia apenas para passagem de pessoas e veículos e que, sem um local para brincar, as crianças acabavam ficando em casa. “A gente nunca teve aqui uma área de lazer e agora ficou muito melhor, principalmente para as nossas crianças brincarem, ficarem bem à vontade”, comemorou.

Fonte Informe Baiano.
 

Mais Notícias