Irecê Líder: Propaganda eleitoral será partilhada com 27 partidos; Rede terá apenas 2,8 segundos /* CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ /* FIM DA CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ -->
ao vivo

SLIDER

IRECÊ LÍDER AO VIVO

Esconder Vídeo
Abrir Vídeo
Clique aqui para enviar seu recado.
NO AR
PROGRAMAÇÃO LÍDER
LOCUTOR
(x) Fechar
Compartilhe a Líder
Facebook
Whatsapp
Telegram
Participe! Mande seu recado para o nosso Whatsapp!

terça-feira, 18 de agosto de 2020

Propaganda eleitoral será partilhada com 27 partidos; Rede terá apenas 2,8 segundos




A grande aposta dos candidatos, esse ano, são nas mídias televisivas, rádio e internet por conta da pandemia.

Analistas a serviço de marqueteiros estimaram, com base na legislação e nas resoluções do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para as eleições deste ano, que a propaganda eleitoral no rádio e na TV terá dois blocos de dez minutos cada. Segundo a coluna de Levi Vasconcelos, no portal A Tarde deste domingo (16), um bloco será ao meio dia e outro à noite e mais 70 minutos de inserções rateadas entre candidatos a prefeito (60%) e vereadores (40%).

Pelo cenário, o partido com mais tempo é o PT de Rui Costa, com 58,6 segundos, seguido do PSL, que inchou na ponga da onda Bolsonaro, em 2018, com 56,56 segundo, o PP de João Leão com 41,82, o PSD de Otto Alencar (38,66), o MDB (37,61), o PL (36,56), o PSB (35,50), o Republicanos (33,40), o PSDB (32,24), o DEM de ACM Neto (32,24) e o PDT de Leo Prates (31,29).

Os partidos com menores tempos são Rede e a DC, com 2,87 segundos cada. O Avante do Sargento Isidório, com 9,9 segundos, também é muito sofrível. O Podemos do deputado João Carlos Bacelar tem 13,40 segundos e o PCdoB da deputada Olívia Santana não está nos registros. A grande aposta dos candidatos, esse ano, são nas mídias televisivas, rádio e internet por conta da pandemia. 

Com informações do portal A Tarde.




Mais Notícias