Irecê Líder: Pesquisa revela que enxaguante bucal inativa novo coronavírus /* CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ /* FIM DA CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ -->
ao vivo

SLIDER

IRECÊ LÍDER AO VIVO

Esconder Vídeo
Abrir Vídeo
Clique aqui para enviar seu recado.
NO AR
PROGRAMAÇÃO LÍDER
LOCUTOR
(x) Fechar
Compartilhe a Líder
Facebook
Whatsapp
Telegram
Participe! Mande seu recado para o nosso Whatsapp!

terça-feira, 11 de agosto de 2020

Pesquisa revela que enxaguante bucal inativa novo coronavírus






Uma pesquisa da Universidade Ruhr-Bochum, da Alemanha, aponta que algumas fórmulas de enxaguante bucal inativam o novo coronavírus. Publicado no The Journal of Infectious Diseases, o artigo leva em consideração que as glândulas salivares são os principais locais de replicação e transmissão do vírus.

“A antissepsia nasal e oral tem sido sugerida para diminuir o número de partículas de vírus aerossolizadas ativas das passagens nasais e da cavidade oral e consequentemente, reduzir o risco de transmissão de Sars-CoV-2”, diz o estudo.

Foram testados oito tipos de enxaguantes bucais, com diferentes compostos ativos. Eles eram misturados com partículas virais durante 30 segundos para simular o efeito do gargarejo. Então, os pesquisadores aplicaram a mistura às células do tipo Vero E6, que são receptivas ao novo coronavírus.

Mais Notícias