Irecê Líder: Cebola: Cotações continuam caindo em Irecê e Vale do São Francisco /* CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ /* FIM DA CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ -->
ao vivo

SLIDER

IRECÊ LÍDER AO VIVO

Esconder Vídeo
Abrir Vídeo
Clique aqui para enviar seu recado.
NO AR
PROGRAMAÇÃO LÍDER
LOCUTOR
(x) Fechar
Compartilhe a Líder
Facebook
Whatsapp
Telegram
Participe! Mande seu recado para o nosso Whatsapp!

sábado, 22 de agosto de 2020

Cebola: Cotações continuam caindo em Irecê e Vale do São Francisco



Nesta semana (17 a 21/08), as cotações de cebola recuaram no Nordeste e Cerrado. As regiões produtoras nordestinas apresentaram diminuições mais intensas, como em em Mossoró (RN), Vale do São Francisco (BA/PE) e Irecê (BA), que fecharam, respectivamente, a R$ 23,00 (-38%), a R$ 21,13 (-32,7%) e a R$ 21,38/sc de 20kg (-29%) para a caixa 3 beneficiada. A dinâmica de mercado seguiu o comportamento de queda dos preços das últimas semanas, devido ao aumento produtivo a nível nacional.

Paralelamente a esta situação, as temperaturas no Nordeste se elevaram e encurtaram o ciclo da cebola, possibilitando a colheita antecipada e, consequentemente, elevando o volume disponível no mercado. Apesar das perspectivas de queda, o recuo foi mais acentuado do que o esperado pelos produtores nordestinos.

A condição pode melhorar mais para o final do mês de setembro, com a redução da produção no Sudeste e do Centro-Oeste. No Triângulo Mineiro (MG) e em Cristalina (GO), os preços fecharam a R$ 30,17 e a R$ 29,63/sc de 20 kg, respectivamente. Os intervalos produtivos continuam ocorrendo em ambas regiões, devido às chuvas que atrapalharam o plantio e pelo adiantamento da colheita em alguns períodos. Até o momento, mais de metade da safra de Minas Gerais e Goiás já foram comercializadas.

Da redação, com informações do site Notícias Agrícola




Mais Notícias