Irecê Líder: Barro Alto, na região de Irecê, registra o 1° óbito decorrente da Covid-19 /* CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ /* FIM DA CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ -->
ao vivo

SLIDER

IRECÊ LÍDER AO VIVO

Esconder Vídeo
Abrir Vídeo
Clique aqui para enviar seu recado.
NO AR
PROGRAMAÇÃO LÍDER
LOCUTOR
(x) Fechar
Compartilhe a Líder
Facebook
Whatsapp
Telegram
Participe! Mande seu recado para o nosso Whatsapp!

sexta-feira, 21 de agosto de 2020

Barro Alto, na região de Irecê, registra o 1° óbito decorrente da Covid-19





A Secretaria de Saúde de Barro Alto por meio da Prefeitura Municipal informou nesta sexta-feira (21) o primeiro óbito decorrente da Covid-19 no município. Trata-se de Marli Oliveira, que morava na comunidade de Lagoa Funda.

Natural da região de Lagedo do Pau D’arco município de Lapão-BA, localidade onde ela deixa irmãos, tios(as) primos(as) e muitos amigos.

Marli, sofria de problemas cárdicos e tinha complicações respiratórias. Diante dessa pandemia, também foi vítima do novo coronavírus; o que complicou ainda mais o seu quadro de saúde. Foram 17 dias de luta, 14 deles na Unidade de Terapia Intensiva-UTI e hoje (21) por volta dàs 11h veio a óbito.
“Combateu o bom combate, acabou a carreira e guardou a fé”. Hoje o céu está em festa, perdemos uma grande mulher aqui na terra, mas Deus ganhou uma alma amorosa, dedicada e fiel ao seu lado. Marli, sempre foi uma mulher bondosa e disposta a ajudar à todos a sua volta. Com o passar dos tempos, ela passou a congregar na Igreja Assembléia de Deus em Lagoa Funda Barro Alto-BA. Ela se tornou uma crente muito temente à Deus e fiel a sua regilião. Marli, de alguma forma ganhou destaque em nossa comunidade, pois, como já era de ser feitio a grande disposição para ajudar ao próximo, pessoas aflitas e com diversos problemas na comunidade começaram a lhe procurar para com aquilo que de melhor que ela podia fazer; Orar por essas pessoas; e ela com muita unção orava tanto em sua casa (igreja doméstica) quanto no templo em que frequentava e participava ativamento dos cultos e campanhas nas famílias.

Mesmo com algumas incapacidades físicas, ela não parava de lutar e servir a Deus e ao próximo.

Prestamos a nossa singela homenagem a essa grande mulher e de tamanha importância em nossa sociedade. Na mesma oportunidade, de modo virtual externamos a nossa solidariedade aos seus familiares. Nossas condolências ao seu esposo, aos filhos, netos, genros, noras, irmãos(as), cunhados(as), sobrinhos(as), tios(as), aos seus sogros, aos irmãos da igreja e tantos amigos que ela aqui Deixou. Que o seu caminho seja iluminado como foi aqui na terra. Descanse em Paz”, informou a igreja que a cidadã frequentava.

Mais Notícias