Irecê Líder: Polícia prende em São Gabriel acusado de assassinar companheira com 60 facadas em Irecê /* CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ /* FIM DA CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ -->
ao vivo

SLIDER

IRECÊ LÍDER AO VIVO

Esconder Vídeo
Abrir Vídeo
Clique aqui para enviar seu recado.
NO AR
PROGRAMAÇÃO LÍDER
LOCUTOR
(x) Fechar
Compartilhe a Líder
Facebook
Whatsapp
Telegram
Participe! Mande seu recado para o nosso Whatsapp!

quinta-feira, 4 de junho de 2020

Polícia prende em São Gabriel acusado de assassinar companheira com 60 facadas em Irecê

No dia 03 de fevereiro deste ano, Mauricélia de Jesus Nascimento, 24 anos, foi hospitalizada no Hospital Regional de Irecê, vítima de perfurações pelo seu corpo, a vítima veio a óbito.





A Polícia Civil tomou ciência do ocorrido e iniciou as investigações, uma equipe do SI da Delegacia Territorial de Irecê foi designada para dar andamento na colheita de provas. Os Policiais Civis encontram o local em que Marcileia foi morta, sendo solicitado a Polícia Técnica para realizar a pericia.

No local, além de diversas manchas de sangue ,também foi encontrado a faca utilizada para matar a vítima. No laudo cadavérico ficou constatado que Marcileia foi atingida por mais de 60 facadas, fato que chocou toda a microrregião de Irecê.




Segundo a Polícia Civil, diversos elementos de convicção foram juntados aos autos, onde apontou que o autor do crime seria o companheiro de Marcileia, chamado Janio Claudio Pereira de Amorim, vulgo "Bia", que já foi preso pelo crime de tráfico de drogas.

A Autoridade Policial representou pela prisão preventiva do mesmo, sendo o pleito deferido pela justiça. Apesar das diversas diligencias realizadas, Janio, vulgo "Bia", havia fugido da cidade de Irecê.

A Policia Civil foi informada pelo CICOM que o acusado, provavelmente estaria homiziado em um povoado chamado Lagoinhas, pertencente a cidade de São Gabriel e que fica aproximadamente a 40 km da cidade de Irecê.

Nesta quinta-feira (04), duas equipes da Polícia Civil se dirigiram até o local e após realizar campana lograram êxito na prisão do suspeito, que ficava homiziado na casa de sua genitora, no entanto foi encontrado em um bar localizado no povoado.

Ainda segundo a nota da Polícia Civil, mais uma vez a parceria formada pelo Centro Integrado de Comunicação (CICOM) e Polícia Civil obtiveram êxito na prisão e assim solucionando mais um feminicídio em Irecê.

Fonte: Polícia Civil




Mais Notícias