Irecê Líder: João Dourado: Após cura do idoso de 98 anos, sua filha de 72 anos também está curada da Covid-19 /* CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ /* FIM DA CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ -->
ao vivo

SLIDER

IRECÊ LÍDER AO VIVO

Esconder Vídeo
Abrir Vídeo
Clique aqui para enviar seu recado.
NO AR
PROGRAMAÇÃO LÍDER
LOCUTOR
(x) Fechar
Compartilhe a Líder
Facebook
Whatsapp
Telegram
Participe! Mande seu recado para o nosso Whatsapp!

domingo, 7 de junho de 2020

João Dourado: Após cura do idoso de 98 anos, sua filha de 72 anos também está curada da Covid-19




Aos 98 anos, Daniel Moreira de Vasconcelos comemora agora ao lado da sua filha, Maria Áurea, 72 anos, que também se curou da Covid-19. Moradores do povoado de Gameleira de João Dourado, na região de Irecê, os idosos tem a saúde de ferro, seu Daniel por exemplo só precisou em sua vida inteira fazer uma cirurgia de catarata. O caso foi o 2º do povoado de Gameleira e o 4º da cidade de João Dourado.

A recuperação dele era uma incógnita para os médicos que o trataram durante o período que permaneceu internado no Hospital Municipal de Irecê, Referência para a Covid-19. Contudo, o aposentado não precisou sequer ser entubado e pôde retornar para casa, onde cumpriu 14 dias de isolamento, igualmente sua filha, que cumpriu o isolamento por 14 dias e agora está recuperada.

Em entrevista, a neta de seu Daniel, Renata Lima, 32 anos, professora, que fez o acompanhamento, contou que o avô ficou só no oxigênio, e no primeiro dia a saturação dele já tinha sido normalizada. Falou da surpresa também quando teve o resultado positivo para a Covid-19 e nos contou como foi o processo de recuperação. Apesar de acompanhar seu avô, Renata testou negativo para o vírus.

“Ficamos surpresos no início, porque ele estava em isolamento social desde quando surgiu a pandemia. Todos (da família) estavam assintomático, ai no dia 19 de maio ele apresentou inflamação na garganta e febre. Foi medicado no centro de Covid-19 de João Dourado, até então diagnosticado como gripe. Daí, ele teve piora, fez o teste e deu positivo. Na família teve mais caso, minha mãe testou positivo e mais 5 casos que tinha vínculo com a gente e depois mais 17. Minha mãe tem 72 anos e está fazendo o tratamento e está super bem e em dois dias acaba o isolamento, estamos confiantes também na cura”.

Renata ainda deixa uma mensagem positiva para aqueles, principalmente idosos, que estão com anseio da doença.

“Queria deixar claro, que não é porque você é idoso que vai morrer não, meu avô é exemplo disso. Parem de assistir ou ler notícias pessimistas e tenha fé que vamos vencer esse vírus. Foi um milagre na vida do meu avô, estamos gratos a Deus”.

Ela finaliza agradecendo a equipe do Hospital Municipal de Irecê, Referência em Covid-19 na região.

“Quero agradecer o centro de Covid-19 de Irecê, fomos bem atendidos, agradeço toda a equipe. A estrutura e o cuidado com meu avô que fizeram toda a diferença”, finalizou.



Fonte: 074




Mais Notícias