Irecê Líder: Aprenda como fazer revisão de benefício do INSS sem sair de casa /* CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ /* FIM DA CONFIGURAÇÃO CORPO DE POSTAGENS */ -->
ao vivo

SLIDER

IRECÊ LÍDER AO VIVO

Esconder Vídeo
Abrir Vídeo
Clique aqui para enviar seu recado.
NO AR
PROGRAMAÇÃO LÍDER
LOCUTOR
(x) Fechar
Compartilhe a Líder
Facebook
Whatsapp
Telegram
Participe! Mande seu recado para o nosso Whatsapp!

terça-feira, 26 de maio de 2020

Aprenda como fazer revisão de benefício do INSS sem sair de casa



Aprenda como fazer revisão de benefício do INSS sem sair de casa.





Com a pandemia de Covid-19, as agências da Previdência estão fechadas.

Mas isso não significa que s serviços relacionados ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deixaram de funcionar.

Ainda é possível realizar diversas solicitações ao INSS por meio da internet ou do telefone. E uma das questões que podem ser resolvidas é a revisão do benefício. Todos os beneficiários do INSS têm o direito ao pedido de revisão administrativa até 10 anos depois do início do pagamento do benefício.

Caso encontre, por exemplo, um período de contribuição que não foi incluído no cálculo, o beneficiário pode pedir um recurso para aumentar a renda obtida. Atualmente, esses pedidos podem ser feitos através da internet ou por telefone.

É preciso se atentar que, quando uma revisão é solicitada, três cenários podem acontecer. No primeiro, o beneficiário consegue provar seu direito e tem a renda aumentada. No segundo, nada muda. Enquanto no terceiro, o benefício pode ser diminuído ou cortado; caso o INSS perceba algo errado no processo.

A opção online para solicitar a revisão do benefício é o portal Meu INSS. Ele pode ser acessado tanto através do site meu.inss.gov.br quanto pelo aplicativo Meu INSS, disponível para Android e iOS.

Através do portal digital, o beneficiário tem acesso a diversos acompanhamentos e novos pedidos, e muitos deles podem ser feitos sem a necessidade de criar uma senha. A revisão do benefício é um deles.

Por isso, é necessário ir até a aba “Serviços sem senha”, clicar em “Agendamentos/solicitações” e preencher os dados pedidos (nome, CPF e data de nascimento). Se você já tiver uma solicitação pendente, será possível acompanhá-la. Se quiser criar uma nova, é só clicar em “Novo requerimento” e, depois, em “Recurso e Revisão”.

A opção “Revisão” deve ser escolhida caso esse seja o primeiro pedido realizado. As opções “Recurso ordinário” e “Recurso especial” são usadas, respectivamente, para quem não concordou com as decisões tomadas pelo INSS e pelo Conselho de Recursos da Previdência Social (CRPS).

Durante o pedido de recurso, serão solicitados documentos que devem ser digitalizados por meio de foto ou escaneamento.
Como pedir revisão de benefício pelo telefone

Para quem não está muito familiarizado com as soluções digitais, também é possível fazer solicitações ao INSS através do telefone. O número é o 135, que atende de segunda a sábado, das 7h às 22h.

Para solicitar uma revisão de benefício, tenha em mãos seus documentos no momento da ligação, como CPF e carteira de trabalho. Além disso, anote o protocolo do atendimento para facilitar consultas posteriores.

Fonte: Brasil Econômico – iG




Mais Notícias